Android Studio – Visão Geral

Olá pessoal!

Nos últimos tempos, temos várias novidades no que diz respeito ao mundo Android. Tivemos o KitKat (4.4), Nexus 5, SDK do Google Glass, etc. Além disso, tivemos uma novidade ainda em fase de cozimento desde o último evento Google I/O: o Android Studio.

android-studioBaseado na IDE IntelliJ (não tão popular assim no Brasil, mas muito forte lá fora), ela é bem mais leve que o nosso amigo Eclipse, mesmo estando ainda em versão experimental (enquanto escrevo esse post, ela o Android Studio encontra-se na versão 0.4).

O grande diferencial dela para o plugin ADT que tínhamos lá no Eclipse, é o uso do Gradle, um poderoso sistema de gestão de builds. Como pretendo mostrar em alguns posts daqui pra frente, com o Gradle, fica muito mais de boa fazer a gestão das versões do nosso app (por exemplo, uma versão gratuita, outra paga). Além disso, no Android Studio, as ferramentas se sentem muito mais em casa, com previews em tempo real dos layouts XML, integração com Git / Github, e mais um monte de coisa bacana. Tudo isso com um visual muito mais atraente que o nosso amigo Eclipse.

Pra instalar, não tem erro, basta ter a JDK instalada e baixar daqui o instalador do Android Studio, que já vem tudo no jeito. Ah, uma dica pro pessoal que usa Windows: evite instalar na pasta Arquivos de Programas pra não ter problemas de permissão (tive problemas nesse sentido que, só depois, fui descobrir o motivo).

Logo logo, farei alguns posts sobre como utilizar essa nova IDE. Por isso, fiquem de olho aqui no blog! Prometo não sumir esse ano! 🙂

Notepad++ e FreePascal Funcionando Como uma IDE

Hoje em dia, assim como quando comecei a estudar programação, usa-se a linguagem Pascal para ensinar programação, principalmente devido a sua sintaxe simples (eu não acho tão simples assim, mas enfim…).

Um dos problemas que eu vejo é o fato de possuir um editor + compilador bacanas. Quando estudei, usava o Turbo Pascal. Sem brincadeira… era uma tristeza usar aquele dinossauro (que hoje em dia nem roda direito no Windows 7). Aí apareceu o Free Pascal. Muito bom, um compilador moderno e tudo. Mas a “IDE” em modo texto é uma tristeza… Por fim das contas, descobri o Notepad++ para editar os arquivos e usava o compilador do FreePascal na linha de comando pra compilar os fontes.

Até que…

Descobri o plug-in do Notepad++ chamado NppExec. Basicamente, ele consegue montar um script para você compilar e executar seus programas em praticamente qualquer linguagem dentro do próprio Notepad++. Me pareceu a melhor solução.

Então vamos botar a mão na massa. Primeiro, baixe o Notepad++ aqui. Procure por Notepad++ X.X.X Installer (onde X.X.X é a versão – atualmente a 5.9.8). Após concluída a instalação, vamos baixar e instalar o Free Pascal. Aqui temos as versões para Windows. Procure pela versão mais nova (atualmente, é a 2.6.0) e baixe a versão de acordo com seu sistema operacional (geralmente fpc-x.x.x.x86_64-win64.exe ou fpc-x.x.x.i386-win32.exe, de acordo com seu sistema operacional). Baixe e instale.

O próximo passo é instalarmos o plug-in NppExec no Notepad++. Aqui você pode fazer o download (a versão mais recente é a 0.4.2). No meu caso, utilizo a versão Unicode do Notepad++, então vou baixar a versão Unicode do plug-in.

Agora é só descompactar o conteúdo do arquivo dentro da pasta de instalação do Notepad++, na pasta plugins.

Abra o Notepad++ e aperte F6. Na janela que aparecer, precisamos configurar o comando a ser executado para a compilação. Preencha da seguinte forma e salve o script com algum nome para que possa ser usado posteriormente.

Agora, pressione F5 e localize o arquivo executável gerado. Pronto! Agora você pode compilar e rodar seus aplicativos em Pascal no próprio Notepad++!